Tecnologias para smartphone que serão tendência em 2019

Augmented reality
Fonte: Wikipedia

O ano de 2018 foi marcado pelo lançamento de ótimos smartphones, os quais tem se destacado por um design cada vez mais refinado, desempenho excelente e câmeras de alta definição. Em 2019, o cenário não deve ser diferente, pois tudo indica que os novos aparelhos estarão ainda mais modernos e impressionantes. Tendo isso em mente, a seguir estão as principais tendências tecnológicas do ano.

1. Realidade aumentada

Grandes marcas como Google e Apple já estão investindo pesado na tecnologia da Realidade Aumentada, especialmente na criação de plataformas onde ps aplicativos de RA possam ser desenvolvidos. O objetivo é possibilitar que novos aplicativos completamente imersivos e inovadores comecem a ser lançados muito em breve. Em poucos anos, essa tecnologia irá fazer com que as pessoas não consigam diferenciar claramente o mundo real do mundo digital, e será possível jogar jogos de cassino e roleta online dentro de casa tendo a sensação de estar realmente dentro de um cassino.

2. Multicameras

No decorrer dos últimos anos, as câmeras dos principais smartphones do mercado se tornaram semelhantes as câmeras profissionais, com uma definição surpreendente e tecnologias como estabilização ótica de imagem e lente com abertura variável. Agora, a nova tendência é apresentar smartphones com várias câmeras frontais e traseiras, como é o caso do V40 ThinQ da LG, que conta com duas frontais e três traseiras, as quais prometem uma qualidade de imagem ainda superior, especialmente em ambientes de pouca iluminação.

3. 5G

A conexão 5G é uma das tendências mais discutidas pela imprensa atualmente, mas apesar de demonstrar um avanço em 2019, muitos acreditam que apenas nos próximos anos essa tecnologia alcançará de fato uma parcela considerável da população global. O que se sabe até o momento é que companhias como Samsung, LG e OnePlus se comprometeram a lançar dispositivos com suporte para a conexão 5G, a qual permitirá não apenas uma velocidade muito maior, mas também uma comunicação estável entre veículos, possibilitando a existência de carros e caminhões sem motorista, por exemplo.

4. Smartphones dobráveis

2019 também é o ano em que os smartphones com tela dobrável serão finalmente introduzidos no mercado. O primeiro modelo amplamente divulgado por conter essa tecnologia foi o FlexPai, da Royole, o qual impressionou a mídia especializada nas principais feiras tecnológicas, demonstrando uma excelente portabilidade e alta definição. Além dele, a Samsung também já apresentou sua tecnologia criada com a finalidade de produzir smartphones de tela dobrável, chamada Infinity Flex Display, que deverá ser utilizada muito em breve em um novo dispositivo da marca.

5. Reconhecimento facial

A tecnologia do reconhecimento facial já vinha sendo discutida há algum tempo, mas com a recente adoção da mesma pela Apple, através do Face ID, a expectativa é de que outras marcas comecem a implantá-la nos seus próximos lançamentos. No geral, o desbloqueio através do reconhecimento facial pode ser descrito como a técnica mais prática e moderna que existe para essa finalidade, além de aprimorar a segurança e reduzir as chances dos dados do aparelho serem acessados de forma indevida.

6. Leitor de digitais sob a tela

Outra tecnologia envolvendo o desbloqueio do smartphone é o leitor de digitais posicionado sob a tela. Essa mudança foi necessária pois nos últimos lançamentos as telas foram se tornando cada vez maiores, reduzindo o espaço destinado ao leitor de digital. O primeiro aparelho a introduzir essa mudança foi o Vivo X20 Plus UD, que funciona com o auxílio de um sensor localizado na parte traseira do smartphone, que ao detectar a presença de um dedo próximo, permite a leitura ótica da digital através do vidro.

7. Carregamento da bateria mais rápido e eficiente

Apesar da velocidade para se obter uma carga completa no smartphone estar melhorando com o passar do tempo, essa ainda é uma das principais demandas por parte dos usuários. No iPhone, por exemplo, o tempo médio para alcançar 50% no nível da bateria é de 30 minutos, enquanto para atingir 100%, é necessário cerca de três horas e meia. Para reduzir esse tempo de espera, a Qualcomm já anunciou que irá introduzir um novo sistema de carregamento com potência de 32W. Comparativamente, a potência dos carregadores que acompanham o iPhone atualmente é de somente 5W.