Os maiores retornos do esporte

Todos nós sabemos que ser atleta não é fácil. Além da dedicação física e psicológica envolvida, muitos ainda têm que contar com o medo de lesões, e alguns até com a falta de apoio financeiro e psicológico. Mas a superação é o que move todos os esportivos em direção às suas conquistas e à glória. Muitos desses esportistas se tornam lendas após um grande retorno depois de uma lesão.

Um bom exemplo disso é Tiger Woods que passou pela sua terceira cirurgia nas costas em 2017, e se recuperou tão bem (após passar seu tempo jogando blackjack no cassino móvel), que voltou com tudo e assumiu a liderança da classificação dos Masters depois de onze anos após a sua última grande vitória. O seu fantástico retornou nos inspirou a criar esta lista com retornos mais impressionantes do mundo do esporte. Continue lendo!

Brian O’Driscoll (Rugby)

Gaming Club Casino: Brian O'Driscoll segurando criança
Fonte: Cathal McNaughton

Depois de passar por diversas lesões em toda a sua carreira e ser capaz de jogar mesmo com dores, O’Driscoll não conseguiu se livrar da sua lesão causada por um tackle furioso durante a jornada dos Lions na Nova Zelândia em 2005. Ele ficou sete meses fora de atividade e voltou para liderar a Irlanda em 2006 na Six Nations e foi nomeado o melhor jogador do torneio.

Pelé (Futebol)

Gaming Club Casino: Pelé segurando o troféu da copa do mundo
Fonte: FIFA.com

Considerado por muitos o melhor jogador de futebol da história, Pelé ganhou a Copa do Mundo três vezes. Após sofrer uma entrada dura em 1966, muitos acreditavam que ele nunca mais voltaria a ser o mesmo jogador, mas disputou uma quarta copa depois. Que classe, né?

Clint Malarchuk (Hóquei no gelo)

Gaming Club Casino: Retrato de Clint Malarchuk
Fonte: Speakers’ Spotlight

Para o terceiro lugar na nossa lista de maiores voltas ao esporte, Clint sofreu um acidente gravíssimo em 1989. Sua garganta foi cortada por patins. O momento assustou as pessoas, pois sangue estava jorrando no gelo, mas se sobreviver a esse acidente mortal não é o bastante, acredita que ele voltou ao esporte quatro dias mais tarde? Isso mesmo, quatro dias depois do acidente. Que vencedor!

Niki Lauda (Fórmula 1)

Gaming Club Casino: Niki Lauda no carro de F1
Fonte: The Advertiser

O terrível acidente na pista que Niki sofreu no Grand Prix alemão de 1976 ainda está na memória das pessoas. O seu carro entrou em chamas, queimando o piloto, cortando a sua orelha direita e deixando-o em coma. Mas, espantem-se: trinta e nove dias depois, Niki voltou aos treinamos, terminando em quarto no Grand Prix da Itália, maravilhando a audiência.

Monica Seles (Tênis)

Gaming Club Casino: Monica Seles com microfone
Fonte: Wall Street Journal

A nossa tenista ganhou oito Grand Slam antes dos 20 anos e no final de 1991 e 1992 ela era a número 1. Mas em 1993, ela foi esfaqueada nas costas e ficou fora das quadras até 1995. O que ela fez em seguida? Ela voltou em 1996 e ganhou o Aberto da Austrália e entrou para o Salão da Fama em 2009.

Bethany Hamilton (Surfe)

Gaming Club Casino: Bethany Hamilton surfando
Fonte: surferrule.com

Prepara-se porque esta história é impressionante. A nossa bela surfista Bethany perdeu o seu braço inteiro quando um tubarão gigante a atacou enquanto surfava com amigos no Havaí em 2003. Os médicos disseram que ela perdeu cerca de 60% do seu sangue, e claro, teve que passar por diversas cirurgias. Mas a superação falou mais alto e ela teve alta do hospital em apenas alguns dias e retornou ao esporte três semanas depois, quando tinha apenas 23 anos na época.