A psicologia das cores

Como as cores nos afetam psicologicamente
Fonte: Pixabay

As cores, na maioria das vezes, passam despercebidas nas nossas vidas diárias. Em geral, as pessoas tendem a notar somente quando as cores fazem uma aparição inesperada, como flores se abrindo repentinamente. Essas cores são percebidas e apreciadas, enquanto aquelas que vemos o tempo todo são simplesmente ignoradas. Mas não se engane, quando se trata de atrair atenção, há muito poucos casos em que as cores são escolhidas sem uma boa razão por trás.

Por exemplo, sinais de pare são vermelhos por um bom motivo, assim como as luzes de freio na traseira dos veículos. O vermelho é uma cor muito forte, que evoca reações emocionais. A conexão mais óbvia é que o vermelho é a cor do sangue, o que pode representar um grande problema em potencial que exija atenção imediata. Por isso, sinais de pare e luzes de freio são vermelhos, pois a cor está programada diretamente no cérebro humano. Em outras palavras, vermelho representa a necessidade de atenção imediata e focada, e alerta para o perigo.

Mas como as cores são usadas em outros aspectos da vida intencionalmente?

Cores e emoções

Não é só o vermelho que evoca reações emocionais às pessoas. O vermelho é uma cor forte, e as emoções relacionadas a ele geralmente são focadas e estressantes. Portanto, o vermelho só é usado quando essas emoções são necessárias. O azul, por outro lado, é o oposto do vermelho de diversas maneiras. O azul evoca emoções calmas e relaxadas e, por isso, é usado artificialmente quando essa reação é desejada.

Muitas outras cores também estão conectadas a emoções, embora talvez não tão intensas quanto o vermelho e o azul. O roxo, por exemplo, está associado à realeza. Isso remonta aos tempos antigos, quando a cor era reservada àqueles que tinham dinheiro para gastar. Por quê? Porque o roxo era uma cor cara de se criar nos tempos antigos e, por isso, não era usado pela população comum.

O verde é uma cor equilibrada, que fica no meio dos outros extremos e é geralmente associado à riqueza, visto que também é a cor do dinheiro. Isso talvez explique por que as mesas de tantos cassinos são verdes, pois elas atraem aqueles em busca de grandes prêmios e inspiram uma promessa de prosperidade.

O uso de cores no marketing

Com o conhecimento de como as pessoas respondem a diferentes tonalidades, marqueteiros e publicitários frequentemente usam cores em seu favor. Os efeitos das cores são conhecidos e, portanto, a escolha das cores na publicidade é quase sempre usada cuidadosamente. Como com as mesas de cassino sendo verdes, uma emoção específica é desejada e criada pela cor relacionada. Note a frequência com que o azul é usado na publicidade, e tenha em mente que o azul é uma cor calma e relaxada.

Claro, se um anúncio exigir ação devido à noção de que o comprador pode sofrer sem o produto específico, é usado o vermelho. Em outras palavras, se você não comprar esse produto, você pode sofrer por causa da sua falta de ação.

Cor no design de interiores

Azuis que induzem a calma
Fonte: Pixabay

A cor também é usada em design de interiores com intenções parecidas. Os interiores de cassinos geralmente são projetados para parecer e dar a sensação de como se fosse sempre crepúsculo, com o sol se pondo. Isso porque muitas pessoas se sentem mais relaxadas nessa hora do dia. Por isso, laranjas, rosas e outras cores do pôr do sol são usados.

Técnicas semelhantes são usadas em shopping centers e no interior das lojas. Médicos e dentistas, por exemplo, frequentemente pintam suas salas de espera em tons de azul-claro, o que ajuda os pacientes a relaxar antes de ser examinados. Não daria certo, no fim das contas, ter uma sala de espera em vermelho vivo; isso deixaria os pacientes em uma zona de perigo mental antes de consultar o médico.

Jardins também são lugares onde o posicionamento cuidadoso das cores pode ser visto. Paisagistas profissionais escolhem plantas com flores de cores específicas, e as agrupam para criar misturas relaxantes de plantas florescentes.

A psicologia das cores é um assunto realmente fascinante, e agora que você sabe um pouco mais sobre ele, é quase certo que você vá ficar de olho em quais tons e nuances são usados, e onde.

Links pesquisados: