O Crescimento dos Casamentos Abertos aos Bichos de Estimação

Dicas incríveis para um casamento aberto a bichos de estimação

É comum que casais modernos morem juntos antes de se casarem e, quando começam a planejar um casamento, eles já contam com uma casa que inclui os queridos bichos de estimação. Gatos e cachorros são comuns, mas cobras, iguanas, aves, tartarugas, porcos vietnamitas e até cavalos também podem fazer “parte da família” a essa altura.

E os casais que realmente consideram seus bichos de estimação como parte da família têm buscado cada vez mais incluir seus amigos peludos, cobertos de penas, escamosos ou aquáticos nas cerimônias de casamento. Eles podem ajudar a produzir lembranças ainda mais preciosas desse dia, e por isso a ideia dos casamentos abertos aos bichos de estimação tem se popularizado.

Se isso faz parte do seu casamento dos sonhos, então se jogue. Mas, primeiro, veja 7 dicas a considerar:

  1. Seu Bicho de Estimação Topa o Desafio?

Alguns cachorros, gatos, pôneis e outros bichos de estimação são naturalmente exibicionistas. Eles adoram encontrar pessoas novas e aprender novos truques para mostrar. Se seu bichinho é assim, sem problemas; você terá um carregador de alianças ou de flores charmoso para acompanhá-la pelo altar.

Já alguns bichos de estimação são incrivelmente tímidos perto de estranhos, odeiam se apresentar e se distraem com facilidade. Não é esse tipo de bichinho que você quer ter perambulando sem supervisão em um dia no qual você tem tantos outros detalhes a verificar.

Mas, se seu bicho de estimação não é muito bom diante de multidões, você não precisa cortá-lo completamente do seu casamento. Considere…

  1. Ele se Sairia Melhor em uma Função Pré-Casamento?

As fotos do seu noivado, os avisos para reservar o dia e os convites são oportunidades para tirar muitas fotos em família, e isso inclui os bichos de estimação. Igual a um bônus de cassino, existe mais de uma forma de ser um vencedor e, se o seu bichinho tiver um focinho perfeitamente fotogênico, mas não tem habilidades sociais, tirar vantagem da fofura dele de uma forma memorável é uma ótima ideia.

  1. Treine, Treine, Treine

Parece fácil em filmes românticos, mas o animal passou meses treinando e tem um séquito de profissionais por trás das câmeras. Muito poucos animais serão capazes de levar as alianças ou flores sem supervisão, principalmente diante de tantas pessoas novas e aromas deliciosos para distraí-los.

Você precisará de uma coleira e de alguém que leve o bichinho pelo altar, além de muito treino. Também será preciso tentar convencê-lo a fazer suas necessidades antes da função a ser exercida, já que um cocô no altar não seria um grande plano de fundo em qualquer cerimônia!

  1. Contrate um Cuidador de Animais

Além de garantir que seu bichinho desempenhe seu papel corretamente, um cuidador de animais pode ficar a cargo do seu animal quando ele não for necessário, cuidando das necessidades de comida, água e repouso enquanto você se preocupa com detalhes mais importantes. Ele também pode garantir que o seu bicho de estimação não suje tudo e acrescente uma decoração a mais ao vestido de noiva.

  1. Verifique o Local e os Fornecedores da Cerimônia

Se você planeja fazer um casamento aberto aos bichos de estimação, a primeira coisa que deve verificar ao procurar um local é a política deles quanto a animais. Quando encontrar um local que não tenha restrições aos seus planos, você deve avisar todo mundo, desde o serviço de bufê até o fotógrafo, para garantir que eles também não tenham problema com isso.

  1. Os Convidados Devem Saber o que Vão Encontrar

Nem todo mundo gosta de animais, então não deixe de providenciar áreas livres de animais no casamento, onde os convidados não precisem se preocupar com um encontro repentino com alguma ferazinha e possam aproveitar o dia com você sem nenhuma ansiedade.

Algumas pessoas também têm alergias, então você deve fazer um alerta aos convidados nos convites de que haverá a presença de animais e de que tipo eles serão.

  1. Dê uma Pausa aos seus Bichinhos

Outra coisa a verificar para garantir que o local receba os seus bichinhos são os tipos de instalações oferecidas para dar um pouco de privacidade aos animais. Se os noivos forem chegar a cavalo e os animais forem levados para estábulos, então tudo bem.

Mas gatos, cachorros e outros bichos de estimação pequenos podem ficar estressados em ambientes desconhecidos e longe de casa, principalmente se forem expostos a barulhos e empolgação por horas a fio. Você vai precisar de uma área tranquila com comida, água e brinquedos, além de uma cesta confortável para sonecas, onde o seu cuidador possa levar seus animais para fazer uma pausa quando não forem necessários como parte da celebração.

A melhor parte de se ter bichos de estimação em um casamento é que eles não ficam bêbados nem fazem discursos constrangedores. Mas tudo isso deve ser planejado, e esperamos que essas dicas ajudem!

Fonte: 

7 Tips for a Dog-Friendly Wedding

10 Steps to a Pet-Friendly Wedding

How to Involve Pets in Your Wedding