Indo ao trabalho no futuro

O futuro do transporte
Fonte: Pixabay

Para a maioria de nós, a ida e volta do trabalho envolve entrar no carro, encarar o trânsito ou esperar o ônibus chegar. Para outros, pode ser uma combinação de andar, pegar o trem, pegar um ônibus ou pedalar por 20 minutos para chegar sãos e salvos ao trabalho.

Mesmo que possamos apreciar jogos de cassino on-line se tivermos que esperar o ônibus, ou possamos ler enquanto esperamos chegar até o destino, com o rápido crescimento da urbanização, o congestionamento das vias nas cidades está fadado a ficar pior ano após ano. Por isso, métodos alternativos de transporte são necessários para levar uma população cada vez maior ao seu local de trabalho.

O futuro do transporte

Enquanto algumas empresas são proativas, promovendo modelos de horários flexíveis e que permitam trabalhar de casa, essa não é uma opção viável para todos os casos. Isso é especialmente verdade para trabalhos em que os funcionários realizem tarefas vitais durante o dia que ajudam a economia a funcionar. Isso inclui equipes de hospitais, vendedores em lojas, funcionários de segurança, operários da construção ou qualquer pessoa que precise estar no local para fazer seu trabalho.

Permitir que todo mundo chegue ao trabalho no horário nunca foi tão importante quanto é hoje. Um acidente em uma via principal ou uma greve do transporte público podem causar impactos enormes na economia, com cada hora que as pessoas não conseguem realizar seu trabalho custando dinheiro. Por isso, as empresas procuram por novas tecnologias para garantir que seus funcionários cheguem ao trabalho no horário.

Tecnologia de drones

Você já deve ter ouvido sobre a tecnologia de drones antes, já que esses dispositivos aéreos de múltiplas hélices são a grande moda do momento, com corridas de drones, fotografia com drones e até compras com drones ganhando popularidade nas cidades de todo o globo. A funcionalidade dos drones avançou muito desde os primeiros modelos que entraram no mercado. Em alguns festivais locais, as pessoas podiam pedir uma lata de cerveja através de seu smartphone, e um drone entregava a bebida em seu colo em poucos minutos.

Agora os cientistas estão usando a mesma tecnologia para criar dispositivos de transporte de humanos que possam pegar você em casa e levar você ao trabalho. Se isso soa mais como ficção científica, é melhor pensar de novo. Protótipos funcionais de drones que carregam humanos já estão sendo testados e refinados. Nós sabemos que todo mundo que já ficou preso no trânsito algumas horas já sonhou em ter um jet-pack e sair voando para o trabalho em questão de minutos. Agora isso pode ser possível mais cedo do que você pensa!

Expandindo a ideia

Há, na verdade, uma série de empresas que estão transformando esse conceito de ficção científica em realidade. Um desses protótipos de drone está sendo considerado a próxima grande inovação no transporte pessoal. De acordo com um ex-piloto, aprender a voar o drone é mais fácil do que aprender a andar de bicicleta. Se esse tipo de tecnologia se tornar acessível e comum, ele pode criar uma revolução no transporte.

Em vez de pegar o carro para ir a lojas, ao cinema ou ao cassino, poderíamos embarcar no nosso próprio drone particular e decolar feito um pássaro em direção ao nosso destino.

Opções de transporte alternativo

Enquanto a tecnologia de drones humanos ainda está em fase de testes, outras inovações no transporte pessoal já emergiram nas cidades. Patinetes elétricos já podem ser vistos nas ruas em todo o mundo. Ligados em suas estações de recarga, os patinetes são ativados com uma simples leitura do código QR usando um app no seu celular. O app faz a cobrança na sua conta e permite a você sair acelerando em direção ao seu destino, onde basta reconectar o patinete a uma estação próxima.

Em outras cidades, ônibus autônomos estão sendo testados em rotas populares. Os ônibus funcionam em um horário programado e viajam em velocidades seguras, sem a necessidade de motorista. Essas tecnologias, combinadas com veículos motorizados pessoais, como skates e patinetes elétricos, podem causar uma grande transformação na maneira como nos transportamos no futuro próximo, e podem ser o fim da tristeza da hora do rush também.

Fontes:

http://www.bbc.com/capital/story/20180319-ditch-the-traffic-jam-is-this-the-commute-of-the-future